Pois é, pessoal. 2020 é um ano estranho.

Como quem viveu sabe, a comunidade foi meio que um fracasso na época. Se por um lado nós conseguimos criar uma cena brasielra de modding de Doom grande o suficiente pra ser reconhecida no exterior, por outro a imaturidade dos membros estava lentamente ruindo a base dessa comunidade. E não havia muito que pudesse ser feito quanto a isso; afinal a maior parte dos membros ainda estava na adolescência ou ingressando na vida adulta – eu mesmo tinha uns 17 anos na época.

Depois de tomarmos a decisão de encerrar a comunidade em 2011, boa parte dos membros do fórum manteve contato através das redes sociais e, com o passar do tempo, contatos foram se reestabelecendo, desculpas foram pedidas e aceitas, e chegamos num ponto em que basicamente a comunidade se reestabeleceu por fora do fórum.

Os últimos anos também trouxeram (FINALMENTE) novas entradas na série. Depois do divisivo Doom 3 em 2004, o próximo game só chegou em 2016 com… “Doom”…? É, eles tiraram o 4 do título, mas a gente sabe. Todo mundo sabe. Enfim, Doom 2016 ajudou a reacender o interesse do grande público pela franquia, que voltou aos frontes da cultura pop depois de quase três décadas.

Doom 2016 também reavivou o interesse de parte da comunidade que, potencializado pelo mais recente (e excelente) Doom Eternal, culminou no retorno do fórum. O plano agora é, na realidade, o mesmo de 2005 quando criamos o fórum pela primeira vez: crescer a comunidade, fortalecer uma cena nacional, compartilhar conhecimento e fazer amizades.

Estamos trabalhando duro pra criar conteúdo de qualidade que não temos hoje nem na cena internacional, como documentação, tutoriais, etc. O intuito é facilitar a vida de quem quer começar a criar mods pra Doom, e ajudar quem já faz e tá sofrendo caçando informação nos fóruns internacionais, ou mesmo quem abandonou na época e quer voltar ao bom e velho Doom Builder.

A gente se vê nos fóruns.